Moda

Uma é pouco

Uma bolsa muitas vezes não é o suficiente. Por isso, os modelos apresentados na passarela da Anya Hindmarch, em Londres, e no desfile da Gucci, em Milão, já tornaram-se objeto de desejo de muita gente.

Na coleção da designer de acessórios Anya Hindmarch, os modelos trazem composições de cores contrastantes, em tom sobre tom ou trio de neutros, sempre com mistura de materiais, texturas e detalhes lúdicos.

bolsas-anya-hindmarch-10

bolsas-anya-hindmarch-11

bolsas-anya-hindmarch-14

Já a italiana Gucci uniu, através de ganchos, clássicos da marca em composições que misturam peças com as tradicionais listras e/ou logo da grife e bolsas icônicas como a  Bamboo bag. Ao lado das estampas e acessórios marcantes da coleção o efeito é ainda mais impactante.Você usaria?

bolsas-gucci-23

bolsas-gucci-25

bolsas-gucci-24

(Imagens: divulgação)

Anúncios
Moda

It Bag | Neverfull, da Louis Vuitton

Uma das peças mais queridas da Louis Vuitton a Neverfull é a “representante It” da bolsa sacola, um modelo democrático como poucos. Feita para mulheres tão versáteis quanto ela, a Neverfull (assim como a Speedy, outra bolsa cobiçada da marca) não é feita de couro. O canvas Damier Ebène, um tipo de algodão impermeável, sua principal matéria prima, possui espessura intermediária (mais fino que o couro e mais espesso que o algodão), é flexível e resistente a manchas.

neverfull

neverfull3Os detalhes da peça são feitos em couro, e ela pode ser encontrada em três tamanhos: PM, MM e GM. Essas variações de tamanho deixam o acessório ainda mais eclético, podendo ser usado em diversas ocasiões e completando o visual de mulheres com os mais variados estilos.

O modelo com o tradicional monograma da marca e as bolsas quadriculadas marrom/bege ou off-white/cinza formam o trio clássico que sobreviverá aos modismos. Além disso, a composição de cores de qualquer uma delas é versátil, e vai render uma grande variedade de looks. As duas primeiras, por exemplo, coordenam super bem com jeans + peças em tons terrosos. Truque: misturar a estampa da bolsa com outra peça ou acessório em tons de bege e marrom. neverfull_look2neverfull5Resumindo: um ótimo investimento. Minha favorita é a quadriculada marrom com a parte interna vermelha, e o que para algumas pode ser incômodo é um detalhe que me agrada: a Neverfull não tem zíper. Além de gostar da praticidade de modelos “abertos”, a parte interna com outra cor/desenho aparecendo sutilmente é um charme.

neverfull2

neverfull_look1

Espaçosa, mas leve e pouco volumosa, é perfeita para viajar e companheira ideal de quem carrega muitos itens no dia a dia e vai do trabalho para a faculdade ou para a academia, por exemplo. Essa bag é uma excelente alternativa à pasta executiva tradicional na hora de carregar pastas e papéis para o escritório. É clássica, mas é moderna. Na hora de sair do trabalho, pode colocar o tênis, pois ela continuará adequada.

neverfull_look5

neverfull_look3

neverfull_look6

Suas cores clássicas são ideais para quem gosta de carregar a mesma bolsa a semana (ou a estação) toda, mas ela também se reinventa com suas versões coloridas e em edições limitadas, com estampas e cores diferenciadas, assinadas por importantes designers. Básica ou multicolorida, certamente haverá uma Neverfull para chamar de sua.

neverfull4

neverfull6(Imagens: reprodução)

+ | Leia também sobre a Chanel 2.55 (aqui) e sobre a bolsa Kelly, da Hermès, (aqui) na série It Bag.