AUTORRETRATO

Roupas e livros sempre foram meus presentes favoritos. Mesmo aos três anos de idade, as caixas de brinquedos perdiam a graça quando uma tia atravessava a porta segurando uma sacola da C&A…

autorretrato-2

Na escola vendi pulseiras e cartões artesanalmente produzidos por mim, e desenhei meu próprio uniforme quando o colégio passou a exigir apenas a camiseta padronizada. Fiz aulas de teclado, de ginástica rítmica, abandonei três vezes o curso de inglês e me encontrei na pintura. Depois das paisagens e naturezas-mortas, que ainda decoram minha casa, vi no abstracionismo a oportunidade de misturar todas as cores de tinta a óleo que encontrasse na maleta (e outras mais que pudesse criar misturando essas).

Por influência do meu pai, ouvia MPB e desenhava as letras cantadas por Elis, Gal, Vinícius & Toquinho em um pequeno diário com páginas coloridas. Por influência da minha mãe, comecei a colecionar cosméticos desde cedo e esperei ansiosa por meu primeiro pote de Natura Chronos (que cheiro bom!).

TRIO-FOTOS-PB

Não sei quando começou minha “fase dos porquês”. O que sei é que ela ainda não passou. Dos padrões de pinceladas exigidos pela professora de pintura, em 1998, às restrições nos projetos repetidas pelos orientadores na faculdade, em 2008, “tudo ela questiona“. Diz minha mãe.

Também não sei quando presumi que podia “carregar o mundo” sozinha. O que sei é que não faz tanto tempo que abandonei a ideia. Da organização das minhas gavetas quando ainda nem as alcançava, em 1992, ao controle de estoque, compras, marketing e o que mais conseguisse abraçar em minha primeira empresa, em 2012, “tudo ela faz“. Mamãe outra vez.

inspira-ivy-lemes-2

Atribuo essas características à curiosidade que me move e ao perfeccionismo que me atrapalha. E atribuo a cada um dos fatos acima uma linha, cor, textura ou borrão que compõe meu retrato. Atribuo à auto-crítica desmedida a possibilidade de retirar essa publicação do ar a qualquer instante. E atribuo ao Chico Buarque a repetição de palavras em meus textos, influência de algumas de suas obras.

Entre tantas inconstâncias, criar é um verbo presente em todos os capítulos da minha vida. E explorar (e questionar) história, arte, literatura, pessoas, padrões, destinos, araras de loja e gôndolas de farmácia é essencial para esse fim. Tudo é referência. Tudo se completa. E Moda é tudo isso.

No fim das contas, continuo não trocando as roupas e os livros por outros brinquedos. E divido o resultado de mim nesse espaço para falar, principalmente, sobre Moda em todas as formas. Sempre com uma xícara de café do lado.

assinatura-pb-horizontal-2

3 thoughts on “AUTORRETRATO”

  1. Olá Rosana! Que delícia receber seu comentário!!! Só posso dizer o mesmo sobre o Simples Decoração. Útil, prático e visivelmente feito com muito amor. <3 Feliz 2016!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s