Arte, Moda, Viagem

Quatro dicas de quatro cidades italianas | Milão

Milão é uma das capitais da Moda. E apesar de não ser o destino favorito dos turistas na Itália, para os fashionistas e viajantes que buscam algo além de monumentos históricos a cidade vale uma visita de, ao menos, três dias. Milão é movimento. E uma mistura linda de antigo e novo.

milao-1

• Explorar o Quadrilátero da Moda e arredores

Três dias, no meu caso, foram quase completamente destinados a esse espaço delimitado pelas vias Monte Napoleone, Alessandro Manzoni, della Spiga e pela corso Venezia. Começando pela Galleria Vittorio Emanuele, após visitar a Duomo di Milano, andei muito em círculos pelas ruas cercadas por marcas de luxo onde também encontrei belas vitrines de marcas locais e outlets para trazer pra casa um pouco da impecável moda italiana (em diversos preços). Para comer saudável durante o passeio: Panini Durini, que conta com diversos endereços incluindo um espaço perto da Piazza del Duomo.

milao-2

• Visitar o Museo delle Culture

Estive em Milão na época da XXI Trienal de Milão (comentei sobre acessórios de moda na mostra Sempering aqui) e no momento em que a exposição  Joan Miró, La Fuerza de la Materia estava em cartaz; mas independente da programação, o MUDEC é um passeio imperdível por si só. O projeto, com origem na década de 1990, foi pensado como um centro multidisciplinar dedicado às culturas do mundo com a “intenção de construir um lugar de diálogo sobre questões contemporâneas através das artes visuais, som, design e fantasia” em um espaço com arquitetura moderna e iluminada. Entre março e julho a mostra Kandinskij, il cavaliere errante é mais uma exposição imperdível que estará em cartaz por lá.

milao-3

• Conhecer Brera, da Pinacoteca di Brera aos bares

A quantidade de estabelecimentos dedicados a arte e design no bairro Brera o transformaram em Brera Design District. Uma região para ser explorada sem pressa, entre uma parada e outra para tomar um café na calçada e observar o vai e vem de pessoas do mundo todo. Por falar em café, Brera foi o local escolhido por Marc Jacobs para o  o primeiro Marc Jacobs Café, inserido, obviamente, em uma loja da marca. Amantes de perfumes não podem deixar de conhecer a Profumo, uma loja com atmosfera vintage que comercializa perfumes de edição limitada.

• Passar horas (mesmo!) no Eataly

Case de sucesso quando o assunto é varejo, o Eataly foi um dos primeiros pontos do meu roteiro em Milão. Nunca visitei o Eataly no Brasil, e minha primeira experiência com a marca foi na loja da Piazza XXV Aprile, que ocupa o espaço do antigo Teatro Smeraldo de Milão. Um agradável passeio e uma refeição deliciosa, com vista para a cozinha, após conhecer a 10 Corso Como, outra parada obrigatória (e ali pertinho) para entusiastas de moda e varejo.

milao-4

Shop, eat e learn resume com clareza a proposta do espaço que não apenas vende produtos selecionados em espaços encantadores, mas promove cursos e possui um espaço para apresentações. Apaixonadas por cosméticos como eu vão se divertir com um espaço repleto de marcas italianas diferentes, incluindo diversos produtos de beleza naturais. Quero voltar!

(Fotos: acervo pessoal)

+ | Leia também o post sobre a 10 Corso Como, e as publicações sobre RomaFlorença e Veneza.

Anúncios

4 thoughts on “Quatro dicas de quatro cidades italianas | Milão”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s