Cultura, Moda

Mostre o que te inspira

Reunir imagens, tecidos, objetos, textos e tudo o que te inspira em um painel ajuda a organizar as ideias e aguça a criatividade. Minhas melhores “criações” surgem a partir de coisas simples: até a frase de uma amiga sobre um assunto aleatório é muito bem vinda, e pode gerar frutos, no meu mood board.

mood-board

Sempre gostei de colecionar e organizar inspirações, mas o mood board da exposição Tra Arte e Moda, no Museu Salvatore Ferragamo, em Florença, elevou meu interesse em produzir painéis mesmo que eu não consiga a magnitude da instalação da mostra: por lá, o mood board é uma sala onde paredes são telões com imagens em movimento, cores e sons.

A mensagem sobre a coleta e ordenação de referências busca reafirmar o mood board como metodologia, “algo que explica e nos ajuda a compreender elementos, levando a um projeto”, mas também ressalta que esses painéis podem ser o produto final: “It explains the values of the potencial products, the feelings in items of fashion, and the ideia to convey in the work of art“. Já pensou que um mood board também é uma ótima estratégia de marketing?

mood-board-2

Em tempos onde mostrar como seu produto é feito, compartilhar imagens de bastidores e envolver o público no processo de criação, direta ou indiretamente, produz bons resultados; investir tempo e cuidado na produção de um mood board é um bom caminho tanto para criar como para vender uma ideia ou produto.

(Imagens: Nicola Holtkamp via Visualhunt)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s