Moda

Aprimorando o estilo | Parte II

Após abrir espaço retirando do closet peça para descartar, doar e vender e criar um painel, físico ou virtual, com inspirações de estilo (leia o primeiro post dessa série aqui), é hora de extrair informações e ideias dele.

• Análise do painel de referências

Para explicar um pouco sobre o “estudo” das imagens selecionadas, trouxe um painel com um mix de algumas das minhas referências salvas através do Pinterest e outros sites que visito (vale lembrar que a construção desse painel é diária, sempre que vejo uma inspiração bacana eu salvo). Observe cores, estampas, peças e shapes que são constantes em seu mural. No meu, por exemplo, prevalecem neutros, estampas clássicas e mistura  de desenhos em preto e branco, cintura marcada, peças com poucos detalhes…

PAINEL_ESTILO01

A partir do reconhecimento daquilo que mais lhe agrada é possível identificar componentes do seu estilo, que com ajuda de auto conhecimento e experimentação serão adaptados ao seu tipo físico e dia a dia. O objetivo não é reproduzir o visual das fotos, embora copiar (quase que) fielmente alguns looks que adoramos não seja ruim, mas mesclar elementos inspiradores com suas peças favoritas e itens que não vive sem, como o relógio no meu caso, para compor seu estilo pessoal.

Como? Entre minhas preferências estão mix de neutros, estampas clássicas, como as listras, e a silhueta da década de 50. Mas também morro de amores por brincos e pulseiras clássicas, como os acessórios da duquesa Kate Middleton ( e da Jackie Kennedy). No painel abaixo, criei um exemplo de visual baseado em tudo isso. O resultado é a minha cara.

PAINEL_ESTILO02

E quando, ao estudar as referências, percebo que selecionei um visual que não funciona em meu tipo físico, com uma peça que não compraria ou com um salto altíssimo, impossível de existir na minha rotina de trabalho? Jogo fora? Não! Essa imagem não foi parar no painel por acaso. Algo nela me chamou a atenção e aquilo que atrai pode ser representado de outra forma, com outras peças e elementos, criando um look dentro do seu estilo. No exemplo a seguir, “troquei” o tricô volumoso demais para minha estatura por uma peça mais estruturada, escolhi uma calça com detalhe rasgado mais discreto, transportei as listras da camisa para o detalhe do sapato e trouxe as pérolas, que são clássicas e favoritas no meu porta jóias, para completar a cartela de cores cinza, preto e branco.

PAINEL_ESTILO03

Com o guarda-roupa aberto e as imagens em mãos, é só começar a se divertir. Não tenha preguiça de experimentar, montar e desmontar looks, adaptar suas peças para se aproximar dos visuais que inspiram etc.

Look book pessoal

Mais uma vez: fotografe seus looks! Essa foto não precisa ser produzida e, se preferir, pode fotografar as peças no cabide ou sobre a cama/mesa ao lado de acessórios e sapato. Registrar as combinações traz praticidade para o dia a dia, pois pensar na composição pela manhã nem sempre é fácil. Abaixo, algumas ideias para fotos.

Nessa etapa pode acontecer o descarte de roupas que cogitou manter, ou a desistência de reformar algumas peças, por perceber que não se adequam ao seu estilo. Há também roupas que gosta, vestem bem, combinam com você mas não sabe como combinar; e a vontade de adquirir itens recorrentes em seu painel, mas ausentes do seu armário, para completar alguns looks. Falaremos sobre isso no próximo post.

(Imagens: reprodução)

Anúncios

2 thoughts on “Aprimorando o estilo | Parte II”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s